Páginas

sexta-feira, 27 de março de 2009

Se eu fosse como você... Rubinho

Rubens Há poucos dias, enquanto caminhava à margem de uma estrada movimentada, em uma noite de céu estrelado pude observar duas estrelas que se moviam juntas. Minha curiosidade me levou a descobrir via Google que não passava da visita da nave espacial Discovery à Estação Espacial Internacional.

Se eu fosse como o Rubinho faria desse acontecimento uma postagem Classe A, relacionando-a a alguma questão relevante aqui embaixo, seja econômica, social ou ecológica. Ah... se eu fosse como você, Rubinho...

Eu conseguiria descrever minhas experiências espirituais com tal naturalidade que poucos perceberiam o pano de fundo religioso.

Falaria de Deus com tal intimidade que não deixaria transparecer o pavor que tenho d’Ele e os artifícios que crio para tentar acalmar meus nervos ou aplacar a sua suposta ira.

Conseguiria resumir minha saga com uma simples foto que deixa transparecer vida e vivência e um sorriso que não esconde que em tudo sou mais que vencedor.

Mas não sou. E aí vai a minha tentativa trucada de expressar esse capítulo que vou virando nesses dias, relacionados a meu novo emprego.

2 comentários:

bete disse...

Se eu fosse como o Roger eu faria uma tentativa mais ou menos parecida com a que ele fez.

Rubinho Osório disse...

Viajou, meu, viajou geral.
Ah, graças a Deus vc não é como eu... O mundo não merece tal castigo!!!
Se vc fosse como eu, estaria faltando um Roger no mundo!!!