Páginas

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Se eu fosse como você... Lou

Lou Cara, seu eu fosse como nosso missionário mestre, estaria dando nó em pingo d’água sem a mínima preocupação com as convenções sociais hipócritas.

Iria rir da sorte que tive agora, sem a menor preocupação de que isso significasse o fim dos problemas. Saberia expressar de forma bem clara e bem humorada que nessa suposta vitória, é onde mora o perigo. Que nos supostos anos de insucesso foram aqueles onde os anjos estavam em alerta sobre nosso telhado.

Ah... se eu fosse como você, Lou...

Eu não estaria tão preocupado com os anos passados e os que virão. Viveria simplesmente o hoje.

Aglutinaria bons amigos por aquilo que armazenei em meu coração e não tentaria impressionar ninguém com jogadas que conseguem iludir só a mim mesmo.

Mas não sou.

E tenho que confessar que hoje quase chorei ao sentar em meu novo escritório, tomar posse da minha mesa e configurar o meu PC. Há muito tempo não me sentia tão bem e tão medíocre...

7 comentários:

Lou Mello disse...

Não sabia que hoje era seu primeiro dia. Entrei no Messenger de forma impensada, como se estivesse sendo levado. Anjos? Mas se eu fosse você, hoje, me sentira o máximo e viveria cada instante como se fosse o último (alguém disse isso, não faz mal; é apropriado) e trataria de escrever o meu "se eu fosse você", afinal, quem imaginaria seu primeiro dia? Só mesmo um missionário ultrapassado que ainda vê anjos e você. DTA.

Roger disse...

Na verdade esse post já estava escrito e ontem não foi meu primeiro dia.
E o que significa DTA?

Vilma disse...

DTA - Deus Te Abençoe ;)

Gostei muito deste texto. :)

bete disse...

Está um melhor que o outro Roger. Tá aí uma boa idéia, escreve o "seu" "se eu fosse você".

Rubinho Osório disse...

Pois muito bem, bem vindo ao mundo dos medíocres... só não se sinta tão bem assim, é provisório, como tudo na vida.
Já o Lou, não. Nem provisório, nem medíocre. O Lou é... ora, o Lou é o Lou!!!

Professor Augusto disse...

Roger, quando expressamos o nosso sentimento a respeito das outras pessoas, nós abrimos o nosso coração para elas e aumentamos o grau de confraternização já existente.
Tenho acompanhado esta atrativa série que nos permite conhecer melhor os seus sentimentos e imaginar os traços de personalidade de seus amigos "blogueiros", detectados por vc.

Roger disse...

Pois é, pai,

eu te disse, Blog é como Rádio Amadorismo onde colhemos amigos para uma boa rodada de bate papo e confraternização.

No fundo são todos gente boa, nenhum tem ficha na polícia sem um bom motivo.