Páginas

sábado, 9 de maio de 2009

A decadência do evangelicalismo

Por que já “Não me orgulho de ser Cristão”? Seria o ufanismo que insiste em me assombrar? Seria do triunfalismo que já estou enfadado?

Proclamamos em alta voz a esperança. Mas, Esperança de quem?

Precisamos urgentemente de líderes que sirvam mais e apareçam menos. Que sejam prontos no ouvir e tardios no falar. E se enquadrem mais em outras destas bobagens nada práticas que a Bíblia ensina.

Pelo visto a melhor solução para os dias de hoje é mesmo o movimento monástico interntético. Quem sabe a partir daí surja algo novo para a coletividade…

3 comentários:

Humberto Ramos disse...

Amigo,

Não desanimar nunca, crer sempre!

Não tem outro jeito!

Abração!

Roger disse...

Esperamos por algum tempo de refrigério. Pois do jeito qu ea coisa está...

Rubinho Osório disse...

Pôxa! Pertenço ao "movimento monástico internético"!!! Bacana, seo!!!
A esperança nunca morre...