Páginas

domingo, 31 de maio de 2009

Educação em vez de repressão

"Agora temos uma nova administração, que é muito mais aberta do que antes. E o clima está mudando pela primeira vez em muitos anos. Até nos Estados Unidos se reconhece que há um impasse. Obama já deixou claro que ideia da guerra contra drogas não funciona"
Fernando Henrique para o Guardian.

Na opinião de FHC, a guerra contra drogas "fracassou" apesar dos enormes esforços em lugares como as Colômbia.
"As áreas de plantio de coca não estão diminuindo", disse ele.
O ex-presidente ainda destacou o sucesso do Brasil em reduzir os casos de HIV/Aids, obtido, entre outros fatores, graças à promoção do uso do preservativos.
"Isto é um exemplo de como o comportamento das pessoas pode ser alterado pela educação em vez de repressão", afirmou.


extraído da BBC Brasil

2 comentários:

Juber Donizete Gonçalves disse...

Roger,

Tenho minhas críticas ao Fernando Henrique, como presidente, apesar de reconhecer que houve avanços em certas áreas, durante sua administração, que foram seguidas pelo Lula. No entanto, como pensador, admiro ele, e nesse texto em particular, concordo com seu posicionamento.

Abraço.

Rubinho Osório disse...

Só me pergunto por que ele, professor universitário, enquanto presidente por 8 anos, não deu à educação (fundamental, média e superior) a ênfase que aparenta dar nessa entrevista. Sua administração foi muito mais econômica do que social e humanista.