Páginas

sábado, 30 de maio de 2009

Lembrança de um beijo

Remedando nosso amigo poeta, eu também sou super chorão!

Como é difícil viver longe de você. Quando te vejo, de longe, de ouço, de longe, você é a mais bela, de longe.

Que falta sinto de teus beijos, do seu carinho, do seu abraço.

Mas sei que não demora muito estaremos de novo, para sempre, bem pertinho um do outro.

Quando a saudade invade o coração da gente
Pega a veia onde corria um grande amor
Não tem conversa nem cachaça que de jeito
Nem um amigo do peito que segure o chororô

Que segure o chororô
Que segure o chororô
Saudade já tem nome de mulher
Só pra fazer do homem o que bem quer
Saudade já tem nome de mulher
Só pra fazer do homem o que bem quer
O cabra pode ser valente
E chorar
Ter meio mundo de dinheiro
E chorar
Ser forte que nem sertanejo
E chorar
Só na lembrança de um beijo
Chorar

3 comentários:

Alice disse...

emocionaste-me !


bjusssssss

cincosolas disse...

Werneck,

Visitar um site de teologia e encontrar um vídeo com música de Fagner quando no meio evangélicos existem vários cantores e cada dia surge mais uma dúzia deles...

É maravilhoso!!!Gostei de mais.

Em Cristo,

Clóvis

Professor Augusto disse...

Roger, lindo,lindo, maravilhoso! Não conhecia esta música do Fagner. Ouvir músicas ternas e meigas como está é estar muito pertinho de Deus...é sentir o cheiro do Paraíso Celeste. Gostei de mais. Como nos Cânticos dos Canticos, Deus está aí presente nesses versos de puro amor. Visite e comente meu Livro Digital LEMBRANÇAS DE CARATINGA = http://www.lembrancasdecaratinga.xpg.com.br