Páginas

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Um egoísmo sadio

Evidentemente que nenhum de nós viverá e nem sobreviverá sem uma boa dose de um egoísmo sadio.

Até mesmo na chamada de Jesus, que seria a antítese ao egoísmo, este está presente: cada um tome a sua própria cruz. Mas não somente a Bíblia deixa transparecer - nesta e em outras tantas passagens - o chamado ao egoísmo, a natureza também nos ensina isso de forma escancarada e bela.

Alguns erroneamente querem culpar as crianças por seu mundo centrado no “eu”. Tolice! Quer uma coisa mais doentia do que uma criança altruísta, sem auto-estima e por demais tímida?

A chamada revolução copérnica, que sem sombras de dúvidas foi um avanço para humanidade, e que quase levou Galileu Galilei à fogueira, nos revela que a terra não é o centro do universo. Verdade. Mas não anula o fato de que ela sempre girará em torno de seu próprio eixo.

Sendo assim, pelo menos uma vez a cada ano, lembre-se que não só você, mas tudo, gira em torno de algo maior e bem mais glorioso. Porém, a cada dia você é, sob sua própria perspectiva, o centro do seu mundo. Abuse, sem conciência pesada, desse direito que não passa de um dever seu!

3 comentários:

Por Ele. disse...

Escolho perder meu direito deixando de girar em torno do meu próprio eixo, abrindo mão de ser uma deusa para enfim, colocar o Deus no centro.

Cristo em nós esperança da glória!!

Alice disse...

Impossível não ler-te !!

abraçoooooooosssssssssss

Roger disse...

Autonomia e identidade não nos tornam mais nem menos divinos do que já somos, além de serem dons irrevogáveis.