Páginas

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Há uma imagem a ser mantida

lustiges_bild_lustiger_baby-schnuller "Há uma imagem que a igreja deve manter. O pastor (e seus auxiliares) deveria `ajustar-se à imagem´ aos olhos do público. De igual modo todos os que estão em postos de liderança. Os programas da mocidade, as conferências sobre missões e as ênfases evangelísticas não se atrevem a desviar-se muito da imagem excepcional estabelecida num passado. Quando, ninguém sabe exatamente [veja cristianismo pagão].

O método criativo, livre e algumas vezes completamente diferente ameaça de tal modo os guardas da `síndrome da imagem´, que o indivíduo se pergunta como reter qualquer corrente de ar fresco que sopre através das janelas da flexibilidade e espontaneidade.

Todo aquele que for responsável por padronizar as fileiras dos cristãos deveria ser fuzilado ao amanhecer. Em assim fazendo, eles ignoram por completo o valor da variedade, a qual Deus planejou para sua igreja quando ele `colocou os membros no corpo, cada um deles como quis´."

Extraído de "Senhor dê-me ânimo" de Charles Swindoll. (aqui PDF)

2 comentários:

Rubinho Osório disse...

Fuzilar ao amanhecer - por mais atraente que seja - também seria uma padronização. E, portanto, inceitável. Certo?

Roger disse...

Bem pensado, Rubinho,
o autor vacilou. Mas a solução para o problema seria alternar fuzilamento, com forca, cadeira elétrica e assim por diante. E claro, nem sempre ao amanhecer.