Páginas

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Uma teologia da liberdade (2)

3) Sofrimento 

"Maravilhosa mutação. As mãos fortes e atuantes lhe são amarradas. Impotente, sozinho você vê o fim de seus atos. Porém você suspira e entrega o direito calmamente e consoladamente em mãos mais fortes e vê-se satisfeito. Apenas num piscar de olhos você toca a bem aventurança da LIBERDADE, então você a entrega a Deus, para que ele de forma majestosa a consume."

D. Bonhoeffer em "Estações no caminho para a liberdade".

Veja também: A Morte - o último inimigo (3) e Uma Teologia da Liberdade (1)

Um comentário:

Rubinho Osório disse...

Difícil enfrentar, impossível evitar, o "sofrimento" é um dilema so ser humano, que reconhece seu valor, mas foge dele a qualquer custo.
É espantoso alguém escrever algo assim sobre ele, como fez Bonhoeffer. Não é?